<$BlogRSDUrl$>

15.3.05

A “Última” do Império do Meio 

Escrevi este post ontem mas foi-me impossível enviá-lo neste canto africano onde as tecnologias ainda falham!

O Parlamento Chinês – poderá ter esta designação apesar de não democraticamente eleito? Chamar-lhe-ei antes a Assembleia de Deputados do Partido Único Chinês aprovou a possibilidade de declaração de guerra a Taiwan caso estes proclamem a sua independência. Acabei de ouvir a notícia na RTP Internacional. Este passo da China era previsível. Todos sabemos que a “reunificação” é um objectivo Chinês desde a formação da R. P. China. Há uma semana perguntava-me se os Estados Unidos iam deixar cair Taiwan. Hoje dizem que os Estados Unidos e o Japão estão preocupados. Ainda não ouvi nenhuma cadeia de televisão falar sobre alguma reacção da ONU.

O povo de Taiwan é independente há mais de 50 anos quer a China queira quer não. E se há dúvidas pelo facto de à data da independência e anos subsequentes se considerar que Taiwan era um produto da Guerra Fria, que seja dado o direito ao seu povo para que, por referendo, decida se quer ou não ser integrado na China. Esse referendo teria que ser feito com a supervisão da ONU, claro. Este é um caso diferente de Hong Kong e de Macau e cabe-nos a nós, sociedade civil a nível mundial, defender também os direitos do povo de Taiwan porque sabemos que os Governos da maioria dos Estados representados nas Nações Unidas não quererão enfrentar o “Gigante Império do Meio”.

S. Saraiva

Arquivos

This page is powered by Blogger. Isn't yours?