<$BlogRSDUrl$>

7.2.04

Um disco da Alpha 



Um disco novo da Alpha, Johann Sebastian Bach

Concerts avec plusieurs instruments - II

3º Concerto de Brandenburg, sol maior BWV 1048
1. Allegro - Adagio (5'18)
2. Allegro (4'11)

Concerto para dois violinos e cordas em ré menor BWV 1043
3. Vivace (3'26)
4. Largo ma non tanto (5'57)
5. Allegro (4'03)

Suite em dó maior BWV 1066
6. Ouverture (9'02)
7. Courante (2'04)
8. Gavottes I & II (2'39)
9. Forlane (1'07)
10. Menuets I & II (2'54)
11. Bourrées I & II (2'21)
12. Passepieds I & II (3'02)

Concerto para oboé e violino em dó menor BWV 1060
13. Allegro (4'18)
14. Adagio (4'32)
15. Allegro (3'08)

Intérpretes:
Café Zimmermann
Pablo Valetti, violino e Konzertmeister
Amandine Beyer, David Plantier, Helena Zemanova, Farran James e Paula Waisman, violinos
Patricia Gagnon, Laura Johnson e Diane Chmela, violetas
Petr Skalka, Felix Knecht e Dmitri Dichtyar, violoncelos
Ludek Brany, contrabaixo
Antoine Torunczyk e Jean-Marc Philippe, oboés
François Charruyer, fagote
Céline Frisch, cravo

Gostei do brandenburg, mas acho os tempos excessivamente rápidos, parece um corrida contra o tempo, por outro lado o contraste é baixo na dinâmica feita quase toda entre o forte e o mezzoforte. A articulação é quase perfeita e o som muito bom. A técnica dos músicos é notável, a coordenação perfeita em espirais de movimento quase alucinatórias. Mas o esteriótipo de querer fugir a esteriótipos é demasiadamente evidente, um disco de grande qualidade mas que acrescenta pouco. Uma leitura que quer ser musicológica mas que não nos dá uma alma cantada e acaba por falhar no campo dos tempos, creio que seria quase impossível, com músicos quase amadores, fazer os tempos tão vertiginosos como o Café Zimmermann nos apresenta. A ouvir atentamente, diapason 5, não atinge o diapason d'or, e creio que bem.



Arquivos

This page is powered by Blogger. Isn't yours?