<$BlogRSDUrl$>

22.1.04

Turandot hoje no S. Carlos 

Peskó, o titular fantasma, quase sempre ausente, mesmo quando dirige, e que de repente aparece sob a forma de lampejos vagos, mas com uma réstia de brilhantismo, um maestro ainda sob observação, fará a direcção da obra de Puccini, veremos se cumpre.
Queríamos aproveitar aqui no crítico, de desejar aos cantores, músicos e solistas as maiores felicidades e desejar uma boa récita, com qualidade, com concentração e entrega.
Aproveitem estes momentos para rever as partes mais complexas dos papéis, para meditar na música como arte de conjunto, sem estridências, sem voluntarismos que estragam o trabalho global.
As maiores esperanças de retorno à qualidade nesta tardia temporada de ópera, a bom tempo regressada a Lisboa.

Ao público em geral, desejamos um bom espectáculo, sem tosses, aproveitamos para recomendar aos mais cavernosos que podem usar uns comprimidos para suprimir a tosse por algumas horas e umas boas pastilhas para a garganta, assim até podem gritar mais no fim! Podem passar por uma farmácia próxima do S. Carlos. Se não conseguirem reprimir a tosse existem boas gravações, a preços mais económicos que o bilhete da plateia, da ópera de Puccini. Disfrutam mais e evitam estragar a ópera aos desgraçados que querem ouvir por entre as tosses mais ou menos farfalhudas.

Arquivos

This page is powered by Blogger. Isn't yours?