<$BlogRSDUrl$>

3.12.03

Recebido por email! 

Parafraseando um blogue célebre, hoje temos "O crítico feito pelos seus leitores". Recebemos hoje, um amável email de um "leitor anónimo devidamente identificado" de Vila Pouca de Aguiar, o nome não revelamos, mas dentro do email a surpresa de um Vilancete muito engenhoso, agradeço ao leitor o trabalho que teve e a graça com que se exprime. Vila Pouca de Aguiar não tem pouca poesia! Peço agora a compositores da nossa praça uma música para este Vilancete...


Vilancete dedicado ao Crítico

Mote

Ser ou não ser
eis a questão.
Anónimo ou não?

Voltas

Espírito brilhante
e ouvido apurado,
irónico ou cáustico,
subtil ou apaixonado.
O Crítico adia
a revelação.
Anónimo ou não?

As Trutas já sabem,
Jaquinzinhos também.
Só falta o Seabra
chegar mais além.
O Crítico hesita
com ponderação.
Anónimo ou não?

O coro do São Carlos
e o primeiro violino
tremem quando lêem
o blogue do menino!
O Crítico está farto
da desafinação
Anónimo ou não?

Gustav Leonhardt,
Le Poème Harmonique,
Bylsma e Hantaï,
jamais o McCreesch!
O Crítico tem bom gosto,
fina selecção.
Anónimo ou não?

José Cardoso Pires
é do seu agrado.
Prefere um toblerone
em vez do Saramago
O Crítico é lúcido
ou será ilusão?
Anónimo ou não?

Ser desmascarado
tem preço elevado,
não dizer mais mal
do Augusto Seabra
O Crítico desespera
em grande tensão.
Anónimo ou não?



Arquivos

This page is powered by Blogger. Isn't yours?