<$BlogRSDUrl$>

1.11.03

Um comentário num forum que reproduzo aqui - O fim da rádio LUNA? 

Lido e copiado no Forum Português de Música Clássica que é gerido por uma blogger bem conhecida de todos nós, a autora do 100nada, segue o texto do director da Rádio Luna:

Por mero acaso descobri agora este sitio na Rede.
Tendo mantido no ar durante quase cinco anos uma coisa chamada "Rádio Luna", tenho estado aqui a ler algumas referências à dita cuja coisa e gostaria (com licença de todos os participantes...) de deixar aqui algumas reflexões de "despedida".
Desde logo, enquanto cidadão deste jardim à beira-mar plantado, digo-vos que sinto alguma vergonha com o que se passa com a Antena 2 (aliás isso esteve na origem da Luna...). A estória da página ou sítio da Rede então, se calhar (só posso avaliar por fora...) era capaz de dar para uma novela. Tendo sido profissional de Informática durante quase 35 anos, sei do que estou a falar.
A rádio LUNA é uma estrita aventura familiar (quase unipessoal).
Quando alguns ouvintes me perguntavam (espantados) como é que aquilo funciona, sem publicidade nem nada, costumava responder: "Isto nasce do "capricho" de uma jovem (minha filha, a quem incuti de miúda o gosto pela música) e está no ar pela carolice de dois homens: o marido dessa jovem (que tem pago as despesas) e eu (o Lunático-Mor) que tenho dado tempo e o (pouco) saber sobre estas coisas de rádio (nunca tinha entrado num estudio...) e de música (não sei ler uma pauta...).
A pecha que sempre apontaram à Rádio LUNA foi a de não fazer locução. Tivesse havido disponibilidade financeira para mais uns 50.000 euros e o assunto estava resolvido "ad eternam" (coisas da tecnologia). O resto têm sido carolices várias, designadamente: o "Música em Portugal", o "À Volta da Luna" o "A Hora do Violoncelo", o "Jazz-a-la-Carte".
De resto a informação quase permanente sobre os espectáculos de teatro, concertos e exposições, NUNCA NINGUÉM PAGOU UM CHAVO por isso.
Mas têm sido inumeros os pedidos de apoio à divulgação. E, por favor, não comparem a LUNA com a Antena 2. A menos que seja para efeitos de compreensão de um determinado fenómeno, a comparação seria sempre injusta para ambas as partes.
Para concluir este já longo arrazoado, por efeitos perversos da lei que regulamenta as coisas do espectro radio-eléctrico (até parece que sei do que estou a falar...), a Rádio LUNA vai muito provavelmente acabar em breve.
Depois logo se vê.
Lunático-Mor
Nas horas vagas, um anónimo doutor em Sociologia.



CM

Arquivos

This page is powered by Blogger. Isn't yours?