<$BlogRSDUrl$>

22.11.03

Mais Leite de Faria 

Situo estas poesias nos anos cinquenta, vêm a propósito deste tempo... Mas naqueles anos os invernos pareciam maiores. Não entendo porque razão o poeta deixou "Modernos" com maiúsculas, mas quem sabe o que passa pela cabeça do poeta, talvez para reforçar o paralelismo com "Inverno". Noto o uso irregular de maiúsculas/minúsculas no início de cada verso, mas deixo como encontrei os manuscritos.

344

São Modernos
estes Invernos
de longos meses.

444

Estas poesias
Deixam-me tempo
P'ra travessias.

455

A margem larga,
do enfado no livro,
é magra, é castigo.

45

Águas torrentes
partiram correntes.

CM

Arquivos

This page is powered by Blogger. Isn't yours?