<$BlogRSDUrl$>

24.10.03

Hoje à noite 


Às vezes prefiro fingir que não vejo, às vezes prefiro ignorar e apertar uma máscara de indiferença perante o mundo, perante os despojados. Lembro-me, a propósito, dos despojados, daqueles que nada têm de que Bach fala na sua Paixão segundo S. Mateus na ária do Cristo na Cruz: Jesus abraça o mundo e recebe-os, sem excepções, nos seus braços.
Quando páro e acabo por olhar esse mesmo mundo com olhos de ver, como hoje à noite, às vezes penso que teria preferido ignorar, como de costume. Mas hoje à noite parei e contemplei.
Encontrei uma velha, uma simples velha, xaile de lã sobre os ombros, um xaile castanho, velho como a velha, cheio de buracos. Eu sentia frio, um frio que vinha de uma simples camisola de lã que trazia sobre a camisa, não tão simples como o simples xaile de lã da velha, uma velha que eu já conhecia, de me pedir moedas na rua ao entardecer, mas nunca tão tarde, simples moedas que eu nunca recusei, sem parar, sem ver. Mas hoje aquele simples xaile de lã, cheio de buracos tocou-me. Aquela face marcada orlada de cabelos brancos recordou-me a face da minha avó, sinto ainda agora o frio, o gelo que senti, através da camisola de lã, não tão simples como xaile enrugado e cheio de buracos, espelho da face da velhinha, espelho das marcas de outros frios... Passaram já umas horas, duas, talvez três, e o frio aumentou em vez de desaparecer, aqui, na minha quente casa. Dei-lhe umas moedas, poucas, sinto agora que aqueles euros eram mais frios que certos frios de Janeiro, frios como a pequena conversa que iniciei: "Que faz aqui fora? olhe que apanha frio." Ao que logo me responde, cândida, tão cândida como a neve dos seus cabelos, branca, exactamente como a expressão da minha avó, rindo: "Sabe, menino, estou habituada ao frio, já não sinto"... Perdido na banalidade fútil, vã, incoerente e impotente das minhas palavras, ferido de morte pela resposta tão pura, dita tão doce, morri ali mesmo.

Felizmente que parei...

CM

Arquivos

This page is powered by Blogger. Isn't yours?