<$BlogRSDUrl$>

15.7.03

Um Pouco de Música! 

Marin Marais

Le Labyrinthe & autres histoires, pièces de caractère.

Um disco Glossa.
Paolo Pandolfo na viola da gamba, ou basse de viole.

Mitzi Meyreson cravo, Thommas Boysen teorba e guitarra barroca, Juan Carlos de Mulder guitarra barroca, Alba Fresno vila da gamba ou basse de viole, François Fauché declamador, Pedro Esteban, percussão.


Uma surpresa fantástica em Marin Marais, a inteligência da abordagem, da escolha das peças de carácter, a colocação no espírito da obra, a paixão de um jovem pela viola da gamba.

Menos subtileza que Jordi Savall, professor de Paolo, mas mais ingenuidade e paixão, vantagens (?). O
som requintado da gamba de Pandolfo, a ideia do labirinto, a criação de percursos dentro da obra de Marin Marais, homem trágico entre dois tempos e o paralelo dos percursos dentro do labirinto dos jardins do palácio de Versailles, que Marais percorreu. Tudo nos dá uma dimensão profunda e ilimitada, intemporal da música, como totalidade e abrangência. As ressonâncias da sua viola são quase mitológicas.
Um disco quase perfeito, na sua sonoridade, na sua alma, no seu tempo certo.

A não perder.

Recordo que Paolo Pandolfo gravou também as seis suites para violoncelo de Bach em viola da gamba. Obra que também catalogo de imperdoável esquecer...



CM

Arquivos

This page is powered by Blogger. Isn't yours?