<$BlogRSDUrl$>

28.5.03

Hoje volto ao soneto que gostaria de escrever, fiz um teste silábico crescente em 14 versos.
Estou mesmo sem vontade para a música, digo eu escutando Ivor Bolton ao cravo, num disco de 1999, da ASV digital, trancrições de JSBach para tecla de concertos de Vivaldi, Marcello, Ernst e anónimos. Um bom disco: um cravista e músico excelente...

Preparação

Nexo:
Pista,
Lista,
Sexo.

Resista:
Complexo,
Amplexo,
Autista.

Sem vontade
De te amar,
De verdade,

Sem liberdade,
A soçobrar,
Morro ao luar!

Ena, ena, consegui começar em uma sílaba e acabar em quatro, qualquer dia estou nas dez do verso alexandrino. Resta-me continuar a ir buscar coisas ao baú do Leite de Faria.
Outro nome para este blog, o blog do "crítico musical que gostaria escrever um soneto" um destes dias, que já ousou tentar milhões de vezes e nunca conseguiu acabar...

Arquivos

This page is powered by Blogger. Isn't yours?